10
Outubro
2019
0
Vidros de proteção solar reduzem o calor e bloqueiam os raios UV

Vidros de proteção solar reduzem o calor e bloqueiam os raios UV


Criado: 10 Outubro 2019 | Atualizado: 11 Outubro 2019

Cidade: Campinas

Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir
Muito comuns em fachadas de grandes edifícios, os vidros de proteção solar também são ideais para projetos residenciais onde o conforto térmico é essencial. Fique por dentro dessas e outras vantagens.

Na hora de construir exuberantes arranha-céus com fachadas envidraçadas, um dos desafios na etapa de projeto é especificar uma solução que evite a ação agressiva do sol, que pode esquentar demais os ambientes internos e causar desconforto térmico aos ocupantes do edifício. Para isso, os vidros de proteção solar são boas escolhas nessas circunstâncias.

Mas como atuam? Quais fatores os tornam tão especiais no mercado? Será que podem ser utilizados em qualquer tipo de empreendimento ou residência? Essas e outras questões são esclarecidas a seguir.

Como são produzidos?
Na verdade, o método de fabricação não se difere tanto dos outros modelos. Os vidros de proteção solar são fabricados com uma tecnologia de ponta, na qual recebem uma deposição de camadas de óxidos metálicos (como titânio, níquel) na superfície do vidro. Ou seja: quanto mais refletivo o vidro for, maior sua capacidade de controlar o calor e a entrada de luz.

Eles podem ser vidros temperados, ganhando uma resistência contra impactos até cinco vezes maior que o vidro comum e um desempenho térmico superior quando vidros laminados (quando possui duas camadas de vidros intercaladas por uma camada de PVB – Polivinil Butiral) ou vidros insulados.

Vantagens
Como já citado, o principal benefício desse produto é a redução de calor. Além disso, barra a entrada dos raios ultravioleta (UV) e, por consequência, prolonga a vida útil de móveis, tapetes, cortinas, aparelhos domésticos e outros elementos de decoração.

É, ainda, uma solução que traz economia ao estabelecimento ou residência, pois diminui a necessidade de utilizar ar-condicionado e iluminação artificial. Por isso, é um bom aliado do meio ambiente (alguns edifícios utilizam esse material para obter pontos na certificação LEED do Green Building Council). Sem dizer que valoriza significativamente o visual de um edifício.

Onde utilizá-los?
Os vidros de proteção solar normalmente predominam em fachadas edifícios. No entanto, também podem ser utilizados em portas, janelas, varandas, divisórias e até mesmo em coberturas. São a escolha preferida de arquitetos para grandes prédios comerciais e corporativos, mas estão ganhando um espaço cada vez maior no segmento residencial.


Avaliação

Deixe sua avaliação
Comentários
0
Deixe seu comentário

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM
Sua mensagem foi enviada com sucesso!

 

 

Todos os direitos reservados ©2020